Contrapiso bem feito: como identificar?

Contrapiso bem feito é a base para instalar o piso de maneira correta.

Mas afinal, o  que é contrapiso?

contrapiso bem feito

Contrapiso é uma camada que serve de base para colocar qualquer outro acabamento por cima, seja piso frio, laminado, carpete e outros. O contrapiso bem feito é fundamental para que o piso escolhido fique bem instalado, não trinque e não solte!

Como deve ser o aspecto de um contrapiso bem feito?

O contrapiso bem feito deve estar nivelado e com superfície áspera (o pedreiro vai chamar isso de ‘desempeno grosso’), sem esfarelar, sem manchas ou fissuras. E a altura dele deve ser adequada pra permitir que, mesmo depois que o piso seja instalado por cima dele, as portas possam abrir e fechar sem enroscar.

Como saber se o contrapiso está com o aspecto certo?

Contrapiso bem feito tem que ficar áspero. Se estiver lisinho, o piso não vai colar em cima dele.

Está pronto? Contrapiso bem feito precisa estar limpo antes da obra continuar.

Depois do tempo de secagem você já poderá instalar o piso. Mas antes de colocar as placas de piso frio ou outro tipo de piso da sua preferência, limpe o contrapiso. Ele precisa ficar sem sujeiras ou poeira que possam atrapalhar a aderência do piso.

Em qualquer situação fique sempre de olho na qualidade do contrapiso! Não instale piso se não tiver contrapiso ou se ele estiver ruim. Será dinheiro jogado fora e muito tempo perdido.

5 testes indispensáveis pra reconhecer piso bem feito

Trocar o piso muda completamente a casa. E como é uma reforma muito visual, as pessoas adoram fazer. Há uma diversidade de tipos de material que podem ser usados: cerâmica, porcelanato, vinílico, carpete, laminado, madeira, pedra, cimento queimado, entre outros. Seja qual for o tipo de piso que você vai usar na sua casa, é fundamental acompanhar cada etapa da obra para ver se o serviço está sendo executado com qualidade.

Faça estes 5 testes pra ver se sua obra está ficando com piso bem feito e evitar pepino por aí.

1. Para saber se o contrapiso está bem feito

Se só de olhar você repara a base trincada, com manchas ou soltando, o trabalho está ruim e precisará ser refeito para evitar pepinos.Você pode passar a mão no contrapiso. Ele deve estar áspero. Se estiver liso, o piso pode não aderir.Ou  coloque uma folha de papel de seda sobre ele e risque com um lápis (quase deitado), pra pegar a textura. O desenho tem que ficar bem irregular. Se estiver liso, precisará ser refeito.

2. Para saber se o piso foi bem colado

Cerâmica ou porcelanato: Dê batidas com a mão no piso. Não pode fazer um barulho oco. Se fizer som do oco, o pedreiro deve ter passado argamassa apenas em alguns trechos da peça. Tem que tirar e fazer de novo, espalhando a massa com a desempenadeira por todo o verso da placa de piso.

Piso vinílico ou laminado: Pode ser colado ou encaixado, se tiver partes soltas ou com bolhas, dá pra ver, o problema deve estar no contrapiso que não estava bem nivelado e limpo, ai tem que refazer. Ou em alguma parte faltou cola para fixação mesmo, ai é só substituir as partes com problemas!

3. Para ver se o piso está alinhado

Observe atentamente se as linhas entre os pisos estão paralelas e retas.E se o espaçamento entre elas (rejunte) está correto, para deixar certinho o assentador use espaçadores para separar as peças enquanto está assentando o piso.

4. Para ver o caimento do piso

Depois do piso pronto, jogue água com um balde e veja se ela escorre na direção do ralo. Se ficar empoçada, vai ter que refazer. Não quer jogar água? Uma bolinha de gude também tem que correr pra direção do ralo.

5. Para ver se a altura ficou certa

Abra as portas e verifique se todas elas se movimentam sem enroscar no chão. Se a porta estiver enroscando, normalmente se faz um ajuste na porta, é mais fácil do que refazer todo o piso. Geralmente, pisos cerâmicos, porcelanatos e tacos de madeira precisam são mais espessos. O piso vinilico e o carpete de madeira são mais fininhos. Escolha o tipo e adeque a altura do contrapiso !

E lembre-se para  ter um piso bem feito é preciso acompanhar de perto todas as etapas da obra.Vá fazendo os testes conforme o pedreiro vá trabalhando. Se for olhar só no final, não vai adiantar muita coisa. O jeito vai ser quebrar e fazer de novo.