Piso frio, você na obra

Obra de Piso Frio inclui os seguintes etapas: 1) colocação da base (contrapiso) e secagem; 2) colocação do próprio piso e secagem e 3) rejunte.

O seu objetivo como cliente esperto é aparecer nos momentos críticos de cada etapa e olhar para os elementos que indicam se o trabalho é feito com qualidade e conforme o combinado. Os erros e desvios podem aparecer, mas se forem reconhecidos logo, ainda dará tempo para corrigir e evitar pepinos mais pra frente. Combine esses momentos e a sua participação com seu pedreiro ou empreiteiro antes de começar a obra!

Momento 1. Início. Combinar o serviço.

MOMENTO_01_PISO

Antes de iniciar a obra, apareça para:

  • avaliar a base existente e combinar com o pedreiro se vai fazer o novo contrapiso, refazer ou usar o existente;
  • exigir impermeabilização no contrapiso em cozinha, banheiros, lavanderia e quintal;
  • confirmar que o pedreiro usará espaçadores para o rejunte;
  • checar se o material pedido pelo pedreiro corresponde ao serviço combinado:
      • argamassa e rejunte correspondem ao tipo do piso que vai colocar
      • foram pedidos espaçadores
      • foi pedido impermeabilizante

Momento 2. Inicio de contrapiso

MOMENTO_02_PISO

Logo depois que o pedreiro começar colocar o contrapiso, apareça para:

  • Confirmar que o chão onde ele está colocando contrapiso está limpo (sem poeira, areia etc). Se não, pedir pro pedreiro limpar;
  • Ver se a base está ficando sem ondulações e sem buracos;
  • Verificar se ele está marcando bem o nível para subir a argamassa. Ele deve usar algumas destas ferramentas: mangueira de nível, régua metálica, linha, trena, mestras e taliscas (pedaços de madeira ou cerâmica)posicionadas no chão;
  • Confirmar se o pedreiro lembra da altura em que o piso pronto deve ficar para não atrapalhar a abertura das portas;
  • Se for na cozinha, banheiro, varanda ou quintal, ver se ele está fazendo a impermeabilização.

Momento 3. Aprovação do contrapiso pronto

MOMENTO_03_PISO

Não deixe instalar as placas do piso antes de ter certeza que a base ficou secando por alguns dias. A secagem varia de 7 a 28 dias, dependendo da argamassa e do uso de aditivos. O jeito fácil de confirmar o prazo é pegar a embalagem da argamassa usada e perguntar na loja.

No final da secagem apareça para verificar a qualidade do contrapiso: deve estar firme, com a superfície áspera (não pode estar liso), plano, sem esfarelar e sem poeira. Se não estiver bom, pedir para consertar

Momento 4. Começo da instalação do piso

MOMENTO_04_PISO

Logo no inicio de colocação das placas do piso, apareça para:

  • Confirmar se ele está usando argamassa certa para seu tipo de piso (cerâmica ou porcelanato) e para área (banheiro, cozinha, lavanderia e quintal precisam de argamassa e rejunte resistentes à água);
  • Observar se está colando o piso direito. Se pode levantar uma placas recém-colocada e observar se o verso está quase todo preenchido com argamassa (correto) ou apenas tem uma bolota no meio (errado). A massa na peça deve ter as ranhuras, como se tivesse sido penteada;
  • Ver se ele está usando espaçadores de rejunte de largura correta. A largura certa esta indicada na caixa do seu piso de cerâmica ou porcelanato;
  • Ver se as peças estão alinhadas e o piso está ficando plano. Se tiver ralo, confirmar que ele vai deixar uma leve inclinação para agua escorrer;
  • Confirmar que ele vai deixar secar por 72h e vai aguardar aprovação para começar o rejunte.

Momento 5. Aprovação do piso instalado e início de rejunte

MOMENTO_05_PISO

Quando o pedreiro estiver pronto para colocar o rejunte apareça para:

  • Confirmar que passou o tempo suficiente para secagem;
  • Ver se há pontos ocos embaixo das peças do piso. Dar leves batidas no piso e escutar se tem som de vazio. Se tiver, tirar essas peças e reinstalar. Ver se as peças estão bem alinhadas e o piso está plano;
  • Observar o inicio de rejunte e confirmar que as sobras sejam retiradas rápido. Elas não podem ficar mais que 24h no piso porque fica difícil removê-las depois

Momento 6. Final de obra

MOMENTO_06_PISO

Ao receber o trabalho do piso frio prestar atenção :

  • O piso está sem trincas, sem sujeira pesada e sem sobras do rejunte nas placas;
  • As placas estão bem alinhadas e o piso está plano;
  • Se tiver um ralo jogue água no chão e observe se água escorre bem pro ralo;
  • As portas se abrem direito sem enroscar;
  • Não tem pontos ocos embaixo das peças do piso. Dar leves batidas no piso e escutar se tem som de vazio.

Se tiver problemas com alguns destes pontos peça o pedreiro consertar.

Piso frio, erros comuns

Erro: Aparecer na obra do piso só no final, para ver como ficaram as placas coladas.

Comentário do Expert:
Seja qual for o piso que você escolher, ele deve estar sobre uma base muito firme, se não ele vai soltar, trincar, e você vai gastar mais dinheiro. Por isso, o cliente deve se informar como o pedreiro vai fazer o contrapiso e aparecer para verificar a qualidade.

Erro:Achar que o tempo de secagem não é necessário, não ter paciência com tempos de secagem entre as etapas e deixar “tudo secar de vez” no final da obra.

Comentário do Expert:
Esse erro é bem comum porque muita gente não quer “parar a obra” e acelera o pedreiro pra ele rejuntar assim que colar o piso, deixando a secagem pro final, de uma vez só. A argamassa de colagem tem água e ela precisa evaporar. Se já passa o rejunte sem esperar, a água não vai conseguir evaporar, se acumula por baixo das placas e causa problemas: piso oco e rejunte solto.

Erro:Não impermeabilizar o contrapiso de cozinha, banheiros, quintais porque a cerâmica e o porcelanato já são resistentes à água.

Comentário do Expert:
De fato, a placa de cerâmica e porcelanato protegem o piso da água, mas pode entrar água por falhas no rejunte ou em pequenas trincas da peça. Se as camadas por baixo das placas não estão impermeabilizadas, você pode ter problemas de umidade, mofo ou bolor e isso pode, eventualmente, estragar o piso inteiro.

Erro:Não verificar ou não respeitar o espaço recomendado entre as placas (largura da junta) querendo o rejunte mais fino.

Comentário do Expert:
Na caixa de placas sempre há indicação do espaço entre as placas (largura da junta). Preste atenção nisso e não deixe o rejunte ser mais fino do que o tipo de piso permite, se não, o piso vai soltar ou trincar.