É uma cozinha pensada para aproveitar bem os espaços, com uma boa disposição de áreas de trabalho, eletrodomésticos e móveis funcionais.

Muitos sonham com a cozinha planejada, afinal  planejar ajuda na praticidade do dia a dia  e deixa as coisas do nosso jeitinho. Mas, tem pequenos detalhes que passam despercebidos! Não estamos falando do piso ideal e nem da caixa de gordura, são outros pequenos detalhes que é para ficar atento!

O triângulo geladeira-pia e fogão

A melhor forma de organizar a cozinha  é formando um layout triângulo em que nas pontas estão a geladeira, a pia e o fogão. Assim, você pega o alimento na geladeira, leva a pia, prepara e leva ao fogão para cozinhar. Se a cozinha for pequena e não tiver jeito tome cuidado. Se isso não for possível, organize a cozinha em linha com a pia entre o fogão e a geladeira. Para evitar a proximidade do quente com o frio e poder acessar um equipamento sem ter que passar na frente do outro.

Como deixar tudo em ordem para receber os móveis

Pensando nos Móveis planejados

Têm dimensões padrões e modulares. Se for optar por eles, lembre-se que eles têm alturas padrões que variam de empresa para empresa. Isso significa que se o móvel for modulado de 5 em 5 cm, por exemplo, você vai ter que deixar uma medida múltipla de 5 cm entre a pia e a base de alvenaria para que ele caiba certinho!

Pensando nos Móveis de marcenaria

Estes são feitos sob medida, isso significa que você pode (e deve!) aproveitar aquele cantinho pequeno ou levar o móvel até o alto no teto. Dá pra pensar em cada detalhe.

Olho nos eletrodomésticos

É importante consultar o manual do eletrodoméstico,  já que além das medidas do equipamento é comum ter recomendação de espaços em volta deles para ventilação quando estão em nichos ou embutidos. Por exemplo, cooktops tem que ter uma distância  mínima abaixo da bancada livre para ventilação que varia de acordo com cada modelo e também uma tomada que geralmente  fica na lateral fora do nicho onde será instalado.

Acessórios que ajudam

O jeito de organizar melhor a  cozinha é pensar em como ocorrerá seu uso diariamente.Manter os armários organizados não é fácil, mas alguns acessórios e utensílios podem ajudar.

Então, bora   pensar na disposição dos utensílios  nas gavetas, nos  nichos, nas portas e nas prateleiras.Você pode optar por prateleiras de altura regulável e prateleiras estreitas, ou ganchos que vão organizar aquele espaço pequeno.

Os porta-tempero, porta toalhas, os gavetões para panelas, as divisórias para  talheres  e até porta pratos para gavetas(existem) ajudam a organizar melhor os armários.

As tomadas

Coloque um bom número de  tomadas nas áreas de trabalho. Faça uma lista com os eletrodomésticos e os eletrônicos que ficarão no ambiente e determine onde eles vão ficar. Se não tiver tomada ali, ou se a altura estiver errada  corrija antes de instalar aquele revestimento lindo que escolheu!

Não se esqueça das tomadas  específicas de alguns eletrodomésticos que exigem circuitos separados. E lembre-se que há opções de diâmetros diferentes para tomadas e que alguns aparelhos só encaixam nos maiores (20 amperes).

Fuja de erros comuns:

– Colocar uma tomada sobre a pia e ter de cortar parte do frontão (aquele acabamento de granito encostado na parede  em cima da pia). Para não errar, calcule a altura da tomada para que ficar acima do frontão ou faça um frontão mais alto para que a tomada fique dentro dele.

– Colocar uma tomada baixa e depois ter que usar uma extensão ou fazer furos nos móveis para subir a tomada. Por exemplo, para o microondas usar a tomada na altura do nicho ou prateleira que você pretende colocar.

– Não deixar espaço suficiente nos móveis, para instalar fornos de embutir, cooktops. As vezes a bancada de granito não tem profundidade suficiente para esses eletrodomésticos.