Escolher a tinta é muito mais do que só decidir a cor. Veja os erros que as pessoas mais cometem e evite que eles aconteçam com você:

5 erros na hora de escolher a tinta para sua casa

1. Usar tinta para ambiente seco em ambiente molhado

A resistência da tinta usada para sala, quarto, escritório e outros ambientes que não tem contato com a água é mais baixa. Se for usada em banheiros, cozinhas, lavanderias a pintura vai encher de bolhas e descascar. Preste atenção porque isso é fundamental. A tinta látex que é a mais comum não serve para áreas molhadas. Prefira a acrílica ou a epóxi.

2. Escolher acabamento brilhante para parede com muitas imperfeições

Se a parede que você quer pintar já foi pintada muitas vezes, se tem buracos de prego ou outros tipos de imperfeições ela vai precisar de um preparo bem caprichado (lavar, lixar, raspar, remover pó…) pra voltar a ser lisa e regular. Em paredes desse tipo, escolher a tinta com acabamento brilhante pode ser a pior opção: embora ela seja mais resistente por ter mais resina em sua composição, o brilho realça esses probleminhas. Neste caso, prefira tinta fosca ou acetinada.

3. Não usar tinta específica para metal e madeira

Cada superfície pede um tipo específico de tinta. Para pintar madeira e metal com bom resultado, você deve usar tinta esmalte. A epóxi também pode ser usada e é especialmente indicada se você for pintar em ambientes que tenham contato com água, como box de banheiro, caixa d´água e piscina. Se não usar a tinta certa, terá perdido dinheiro porque vai ser preciso fazer de novo.

4. Comprar toda a quantidade de tinta sem testar se gosta da cor na parede

Escolher bem a cor também é importante.  Essa é uma questão de gosto. Mas pra não perder dinheiro, teste a cor escolhida na superfície que você irá pintar. Ela pode ser linda no catálogo, mas na hora em que você coloca na parede e tem todo o contexto da casa (iluminação, móveis, posição mais ou menos destacada), a tinta linda pode não combinar. Teste primeiro. Compre embalagens pequenas e pinte 1m2. Aplique duas demãos e deixe secar para só depois decidir se era isso mesmo que você queria. Aí é hora de comprar.

5. Não procurar opinião estruturada

Opinião ajuda, mas opinião de quem entende ou já viveu uma situação é melhor ainda. Em vez de acreditar de cara no que o vendedor da loja diz ou no que o seu melhor amigo acha, se informe mais. Procure saber quais são as melhores referências Pesquise na internet, converse com quem já fez, converse com a equipe de mão de obra. E consulte 100pepinos.

DICA BÔNUS para escolher a cor da tinta 

Agora que você já sabe os 5 erros na hora de escolher a tinta … podemos falar um pouco de cor e o que você deve pensar pra conseguir escolher com a infinidade de cores disponíveis. Tem muito jeito de pintar, busque referências e inspiração antes de decidir como vai ser. Você pode buscar em você mesmo, qual a cor que mais gosta? Aquela que você costuma ter objetos e roupas? Será que ela ficaria bem na sua casa?

A pintura é capaz de transformar os ambientes trazendo beleza e imprimindo estilo nos ambientes. Na hora de pintar as paredes, é importante pensar em qual sensação você quer sentir no ambiente. Quer relaxar? Aposte em cores claras, calmas e serenas. Quer causar impacto? Que tal uma parede com cor vibrante bem escura? Quer uma transformação total? Pode usar mais de uma cor ou trabalhar com cor a meia altura. 

E como já falamos, teste a cor antes de sair comprando toda a tinta e se arrepender … no mercado tem pequenas amostras para teste fácil com custo bem baixo. Mas, se o orçamento está apertado escolha cores prontas do catálogo e mais claras … as tintas prontas tem preço melhor que as preparadas e quanto menos pigmento de cor o preço fica melhor também 🙂 

Outro ponto, é que as cores podem mudar a percepção de espaço. Sim, é possível ter a sensação que o ambiente é maior ou menor somente pela cor escolhida para pintura. Os tons claros deixam os ambientes mais amplos e as áreas parecem ser maiores. Tons mais escuros podem dar a sensação de ambientes menores. 

Então, brinque com as cores … quer rebaixar o teto sem mexer no forro? É só pintar o teto de uma cor escura e deixar as paredes claras. Quer alongar a sala? Aumente as linhas horizontais … use cor nas paredes e branco no teto, por exemplo. Quer estreitar um cômodo? Paredes opostas escuras e parede do fundo piso e teto claros. É só usar tinta e a imaginação. Boa pintura!