Guias anti-pepinos

 


Escolha a tinta certa para a pintura: tipo, acabamento, rendimento e cor

Para saber qual é a tinta certa, você deve olhar primeiro se o local tem ou não contato com água (banheiro, cozinha e lavanderia precisam de tinta resistente à água) e qual é o tipo de superfície (alvenaria, madeira, metal);

  • Para pintura em área interna a seca, você pode usar látex.
  • Para pintura em área externa ou áreas molhadas (banheiro e cozinha), você pode usar tinta acrílica.
  • Para áreas molhadas, também é possível usar tinta epóxi, que pode ser aplicada em paredes, pisos, azulejos, ferro e aço, box, piscinas e caixas-d água. A epóxi é a mais cara que a acrílica, mas aguenta limpeza pesada e dura mais.
  • Independente da área, se a superfície for madeira ou metal, você pode aplicar tinta esmalte.

Sobre acabamento:

Existem três tipos de brilho: fosco, acetinado (também chamado de semi-brilho) e brilhante. Eles influenciam na aparência e durabilidade. Quando mais brilho tiver a tinta, mais durável será porque contêm mais resina. Por outro lado, quanto mais brilhante é a tinta, mais aparecem às imperfeições da parede e mais difícil é a remoção e repintura. Quanto mais brilho, maior a durabilidade e o preço.

Sobre o rendimento:

Existem três tipos: premium (alto rendimento), standard (rendimento médio) e econômica (rendimento baixo). Quanto mais rende, maior o preço. Mas na verdade, você vai precisar aplicar menos demãos e justamente por serem menos camadas, a pintura vai ficar mais bonita.

Sobre a escolha da cor:

Experimente primeiro. Compre latas pequenas para teste e faça quadrados de várias cores na parede para escolher e que mais te agrada. E só compre a quantidade total depois que tiver certeza do tom que escolheu.

Lembrete final: não compre tinta vencida. Veja a data de validade na lata.

Estes guias podem ser úteis para você

Tem dúvida ou solução? Compartilhe aqui!

Ou

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Login