Guias anti-pepinos

 
Guia

Piso frio – MAO DE OBRA

 

 

MAO DE OBRA

 

Quem vai fazer seu contrapiso é o pedreiro e para instalar o piso você precisará do pedreiro assentador. Pode ser que as duas etapas sejam feitas pela mesma pessoa, mas confira se ele tem essa habilidade. Não deixe de entrevistá-lo ou entrevistar o empreiteiro responsável antes de contratar e iniciar a obra.

Além da entrevista, combine antes de começar como deve ser a entrega final para você aceitar o trabalho e qual será a sua participação nos momentos críticos da obra. Sempre que possível exige a garantia!

A entrevista não é uma prova para testar o profissional; é mais uma conversa para ver se vocês se entendem para fazer sua reforma juntos. Se não houver entendimento antes, imagina o que vai acontecer durante a obra!

 

O QUE PERGUNTAR

 

  • Quais etapas do piso ele vai fazer – a base (contrapiso), a colocação do piso e o rejunte?
  • Qual é o estado do contrapiso e o que tem que ser feito: acertar ou fazer um novo?
  • Vai impermeabilizar contrapiso na cozinha, banheiro, lavanderia e quintal? Como: com um aditivo na argamassa (é mais comum) ou de outro jeito?
  • Que técnica/ferramenta vai usar para nivelar o piso?
  • Quais são os tempos de secagem necessários nessa obra? (do contrapiso e das placas antes do rejunte)
  • Vai usar espaçadores pra alinhar as peças de piso e fazer o rejunte?
  • Material: argamassa e rejunte são específicos para o tipo de piso? Estão inclusos espaçadores e impermeabilizante?
  • Tudo acima está incluído no orçamento? Como vai cobrar?
  • Pode passar algumas referências de serviços recentes?

 

DESCONFIAR E EVITAR DE CONTRATAR SE…

 

  • Ele não quer responder suas perguntas e já fica super irritado.
  • Ele não avalia com atenção a base existente e não acha contrapiso uma parte importante da obra.
  • Ele não acha necessário impermeabilizar áreas molhadas (banheiro, cozinha, etc) e não pediu material para isso
  • Ele vai nivelar o piso no olho, sem usar nenhuma técnica ou ferramenta.
  • Ele não soube explicar o tempo de secagem (nem do contrapiso, nem a espera antes de aplicar o rejunte). Prometeu o piso pronto em menos de dois dias.
  • Ele não pediu e não trouxe argamassa especifica para tipo de piso, nem espaçadores de rejunte.
  • Não deixou claro o que está incluído no orçamento. Ele insiste em receber todo o pagamento logo no início.
  • E, claro, se ele tiver referências ruins.

 

A COMBINAR ANTES DE COMEÇAR

 

  • Como deve ficar o trabalho final para voce aprovar e fazer o pagamento pelo serviço. Combine que caso tiver problemas com os pontos embaixo, o pedreiro deverá consertar e/ou refazer o trabalho para aprovação final:
      • O piso deve estar sem trincas, sem sujeira pesada e sem sobras do rejunte nas placas;
      • As placas devem estar bem alinhadas e o piso está plano;
      • Se tiver um ralo você vai jogar água no chão e observar se água escorre bem pro ralo;
      • As portas devem se abrir direito sem enroscar;
      • Não dever ter pontos ocos embaixo das peças do piso. Dar leves batidas no piso e escutar se tem som de vazio.
  • Durante a obra você vai aparecer nos momentos definidos e vai aprovar:
      • Qualidade de contrapiso e início do assentamento do piso;
      • Qualidade de assentamento e início de rejunte.
  • Como e quanto pagar. Geralmente o valor do serviço para instalação de piso e para fazer contrapiso é feito por metro quadrado ou por preço fechado da reforma. Melhor é o contrato por preço total dos serviços – assim tem mais controle sobre os gastos com mão de obra.

 

Guia Piso frio

 

Relacionados a este guia

Piso frio – ERROS COMUNS

por: Igor Karpachev

  • 0

Piso frio – MATERIAL

por: Igor Karpachev

  • 0

Piso frio – MAO DE OBRA

por: Igor Karpachev

  • 0

Piso frio – VOCE NA OBRA

por: Igor Karpachev

  • 0
×

Login